16.8.08



Eu te quero porque te quero.
Querer-te é estado compulsivo,
É uma necessidade vibrante.
Querer-te é um dom indissolúvel
Que adveio do silêncio da madrugada
E me embriagou amorosamente
Querer-te é um fato consumado,
É a realidade feita de sonhos
Sem regulamentos absurdos.
Assim vou te querendo,
Paralelo de meus desígnios,
Espiral infindo do meu querer.

Otávio Coral

2 comentários:

Danilo e Hercilia disse...

by Danilo e Hercilia

eii lesgau seu blog viu nanah

mais agora da uma passada no nosso

http://www.estilodown.blogspot.com

Bárbara Layane disse...

Torçoo muitissimoo pelaa felicidadess de vcs....
Qroo ser a titiaa de umaa recaa de gurii....Qroo ser testemunhaa desse amor...Eu sou testemunhaa desse amor...Eu amoo vcs...
Bjuss